NOTÍCIAS

15/02/2019

Novo governo retira mais de R$ 600 bi da Previdência para pagar dívidas



Por meio do decreto 9699/19, publicado no Diário Oficial da União no dia 08 de janeiro de 2019, o Governo Bolsonaro, retirou R$ 606.056.926.691,00 (seiscentos e seis bilhões, cinquenta e seis milhões, novecentos e vinte e seis mi, seiscentos e noventa e um reais) da seguridade social e transferiu para outras áreas. Desse montante, R$ 436 bilhões saíram do Fundo da Previdência Social.

 

A maior parte desses recursos vai para o pagamento de encargos financeiros do governo com o mercado financeiro. Outra parte será transferida para Estados e Municípios e outros órgãos do próprio governo.

 

Além disso, o governo ainda retira outros 30% do orçamento da Seguridade Social através da DRU (Desvinculação da Receita da União).

 

Realmente, assim a Previdência vai quebrar de vez!

 

Como se vê, comprovadamente sobra dinheiro da Seguridade Social. O suposto rombo que o governo e a mídia afirmam existir, acontece exatamente porque o governo retira os recursos desta área e transfere para outras, beneficiando principalmente o mercado financeiro.

 

O discurso do déficit da Previdência é terrorismo social destinado a convencer a sociedade a aceitar pacificamente a reforma da previdência, que tem por finalidade entregar para os grandes grupos financeiros a gestão dos recursos da previdência pública.

 
 
VOLTAR