NOTÍCIAS

26/02/2018

ATENÇÃO: Reforma da Previdência foi suspensa e não arquivada



Ao longo do ano de 2017, e ainda neste início de 2018, fomos às ruas em atos, paralisações e manifestações, produziu faixas, cartazes, panfletos, jornais, além de campanhas de mídia em outdoor e rádio, lutando contra a proposta de Reforma da Previdência. Utilizamos todas as armas disponíveis para lutar contra esse verdadeiro atentado à dignidade da classe trabalhadora.
Mesmo comprando parlamentares, perdoando dívidas de banqueiros, de empreiteiras, dos grandes pecuaristas e jogando a população contra os servidores públicos, o governo Temer não conseguiu reunir votos suficientes para emplacar essa famigerada reforma.
A Direção do SINTSPREV-MS compartilha essa vitória com todos os filiados que se expuseram, se arriscaram, que dedicaram seu tempo e seus esforços, que foram às ruas, enfim, que de alguma forma participaram da árdua luta contra a proposta de reforma da previdência.
Parabéns aos que tiveram coragem de lutar contra a tirania e contra a injustiça. Nossa luta não foi em vão!
Mas, essa vitória ainda não é definitiva, pois a proposta de reforma da previdência não foi arquivada, mas apenas suspensa. Isso significa que quando for suspensa a intervenção federal no Rio de Janeiro, a Câmara Federal pode recolocar o projeto do governo na pauta de votações. Como diz o dito popular: “não se pode contar com o ovo antes da galinha bota-lo”. 
Portanto, nas eleições de 2018, é fundamental votar e ajudar a eleger candidatos que assumam posição pública contra a reforma da previdência, contra a terceirização e a favor da revogação da reforma trabalhista e do congelamento dos gastos públicos. 
 
 
VOLTAR